Caminhos de Santiago

  • Destino: ,
  • Duração: 4 dias
  • De: 21/03/2019
  • a: 24/03/2019
  • Preço: 610€

tryart

Com Artur Filipe dos Santos

Santiago, o Apóstolo por quem milhares caminham!

Jacob, Jacobus, Saint James, San Jaqques, Santiago ou S. Tiago. Muitos nomes, uma só personagem histórica de relevância essencial para compreender os “caminhos” que unem a Europa desde o século IX aos nossos dias, num conjunto de rotas que se espalham pela Europa, desde a longínqua Rússia até ao “Fim da Terra”, perto das costas da Galiza, a Santiago de Compostela, a “Jerusalém do Ocidente”.

Exploramos o património, a tradição e a história de cidades vilas e paisagens do norte de Portugal e da Galiza que não nos deixam indiferentes, como o Porto, S. Pedro de Rates, Barcelos, Rubiães (no final da mítica serra da Labruja), Tui, Pontevedra, Padrón e finalmente Compostela, onde a Catedral de Santiago simboliza o fim do caminho, mas também o início de uma experiência que nos levará por entre o passado românico, gótico e barroco do noroeste peninsular.

Embarque no tempo e no património, a história que se toca, rumo a Compostela, o final do Caminho, a “Jerusalém” do Ocidente!

Ultreya et suseya!

PARTIDA LISBOA | Preço por Pessoa em Quarto Duplo

650€

PARTIDA PORTO | Preço por Pessoa em Quarto Duplo

610 €

Suplemento Individual

115€

Programa inclui:

    • Acompanhamento do historiador Artur Filipe dos Santos desde e até ao Porto;
    • Acompanhamento de Tour Leader Tryvel durante todo o circuito;
    • Comboio Alfa Pendular, em classe económica, para percurso Lisboa / Porto / Lisboa;
    • Alojamento e pequeno-almoço nos hotéis mencionados, ou similares;
    • Pensão completa, desde o almoço do 1º dia, ao almoço do 4º (4 almoços e 3 jantares, com bebidas incluídas);
    • Circuito em autocarro de turismo;
    • Todas as entradas e visitas nos monumentos e museus conforme programa;
    • Guia local, de língua castelhana, para visita a Santiago de Compostela;
    • Seguro Multiviagens (cancelamento antecipado, assistência e interrupção);

O preço não inclui:

Programa não inclui:

  • Gratificações a guias e motoristas;
  • Tudo o que não esteja como incluído de forma expressa.
Nota: para os participantes do norte do país, o programa inicia-se no dia 21, e termina ao final da tarde do dia 24, na Estação de Campanhã.

1º Dia – Lisboa / Porto / Vairão / Vila do Conde / S. Pedro Rates / Barcelos / Rubiães / Cossourado / Valença
Comparência na Estação de Santa Apolónia, ou Gare do Oriente. Pelas 06h00, saída em comboio Alfa Pendular com destino ao Porto. Chegada pelas 08h44 à Estação de Campanhã, e encontro com restante grupo. Começamos “o caminho” pela Sé do Porto, e de onde partem três itinerários: O Caminho Português Central (ou Principal), o Caminho Português da Costa e ainda o Caminho Português por Braga. Seguimos o Caminho Central e o da Costa em direção à Rua das Flores, seguindo pela Cordoaria, Cedofeita e Rua Barão de Forrester. Já em autocarro, continuamos até Vairão, para visitarmos o Albergue de Peregrinos, contactando com a realidade e o modo de funcionamento dos atuais albergues de apoio aos peregrinos, assim como descobrir o pequeno museu do peregrino, onde se encontram ofertas e memórias de muitos peregrinos. Seguimos para o miradouro de Santo Ovídeo, com uma esplendida vista para o mar da Póvoa. Neste monte encontramos uma capela de evocação a Santo Ovídeo, datada dos finais do séc. XIX. Almoço em Vila do Conde. Continuamos para S. Pedro de Rates, local estratégico e de “encruzilhada” nos caminhos portugueses para Santiago. Passeio pelo centro histórico, e visita à Igreja Românica, de grande relevância patrimonial e local de grande simbolismo na devoção a Santiago. Seguimos para Barcelos para visita à Igreja do Senhor da Cruz; à Igreja Matriz e ao Museu Arqueológico. Continuamos para Rubiães, (Paredes de Coura) para visita à Igreja local. Seguimos para Cossourado para descobrir a primeira seta amarela (sinalização de orientação mais conhecida dos caminhos de Santiago, ideia do padre galego Elias Valiña) desenhada no caminho português e ainda para conhecer o castro celta, datado do séc. V a. C., fundado pela tribo Calaeci Bracari. Jantar e alojamento na Pousada Valença do Minho 4*, ou similar.
2º Dia – Valença / Tui / Pontevedra / Poio / Cambados
Saímos para Tui, a primeira cidade galega depois da fronteira. O nome da cidade do município foi dado pelos romanos como Tude e mencionado pelos escritores Estrabão e Ptolemeu. Aqui visitaremos a catedral, construída inicialmente pelos visigodos e que ainda hoje se mantém como um dos principais cenóbios de toda a Espanha e que é ponto de passagem obrigatória de peregrinos que buscam o primeiro carimbo do caminho de Santiago em terras galegas. Visitamos ainda o Museu de Arte Sacra, com peças extraordinárias que vão desde o período celta, passando pela ocupação romana e peças de arte sacra medievais de valor incalculável como a escultura românica de Cristo datada do séc. XII. Saímos para Pontevedra, uma das paragens obrigatórias do Caminho Português, nas Rias Baixas galegas, para conhecer a Capela da Virgem Peregrina, caracterizada pela sua planta em forma de vieira, onde desvendamos os segredos das ruinas do Convento S. Domingos; os maravilhosos vitrais da monumental Igreja de S. Francisco de Assis, não esquecendo a igreja basílica de Santa Maria Maior, com possibilidade de subir à torre, para contemplar uma vista sobre o “casco histórico” da cidade, passando pela emblemática Plaza de la Leña e a puente del burgo, histórica passagem sobre o rio Léres, mandada construir pelo rei Fernando II de Leão e Galiza para passagem segura dos peregrinos rumo a Compostela. A este rei muitos investigadores lhe atribuem a criação da ordem militar de Santiago. Adentramos na variante espiritual do Caminho Português, conhecido por muitos como o caminho original percorrido pelo Apóstolo Santiago na sua evangelização na antiga Galécia romana e onde vamos contemplar o antiquíssimo mosteiro de Poio (séc. VII), atualmente albergue de peregrino. Jantar e alojamento no Parador de Cambados 4*, ou similar.
3º Dia – Cambados / Armenteira / Padrón / Santiaguiño do Monte / Monte do Gozo / Santiago de Compostela
Seguimos para o enigmático Mosteiro de Santa Maria de Armenteira, plantado no meio de um bosque e de onde os peregrinos partem para uma das etapas mais bonitas dos caminhos portugueses, a “Rota da Pedra e da Água” onde ao longo de 7/8 km encontramos vários moinhos de água, regatos e ribeiros. Seguimos para Padrón com visita à Igreja de Santiago, onde se encontra a pedra/altar onde aportou a barca com o corpo de Apóstolo. Continuamos para Santiaguiño do Monte, um dos locais de maior simbolismo das rotas jacobeas, já que, diz a tradição, era neste local que o apóstolo santo vinha rezar, ao final do dia, depois de evangelizar. A reconhecer essa tradição estão uma capela, com um ambão a céu aberto e um cruzeiro antiquíssimo. Almoço em restaurante local. Continuamos para o Monte do Gozo, revelando os segredos do Caminho Francês, o mais percorrido das rotas jacobeas, para descobrir ao longe, pela primeira vez, as torres da catedral compostelana, e para nos maravilharmos com as extraordinárias estátuas de mais de 4 metros de altura, de dois peregrinos, obras do escultor Acuña Lopez. Check-in Gran Hotel Los Abetos 4* ou similar. Saída para jantar em restaurante no centro da cidade. Visita noturna pedonal ao centro histórico, com destaque para a praça do Obradoiro e a fachada barroca que “esconde” o românico Pórtico da Glória; a Porta Santa nas “traseiras” e explicação dos Anos Santos Xacobeos; a Praça das Pratarias e a entrada lateral aí existente que marca o fim do Caminho Português. Regresso ao hotel e alojamento.
4º Dia – Santiago / Porto / Lisboa
Manhã dedicada à visita de Santiago, com guia local. Começamos pelo Mosteiro de São Martinho Pinário, imponente edificação com uma espetacular fachada barroca que se encontra de frente para a porta francigína ou da Azebacheria, que representa o final do Caminho Francês; o Convento de São Paio de Antealtares, o primeiro espaço monacal construído em Compostela para proteger as relíquias do santo; e à Capela de S. Frutuoso, onde durante séculos repousaram relíquias roubadas à Sé de Braga. Pelas 11:00 tem início a Missa do Peregrino, com possibilidade de assistirmos à fascinante cerimónia “bota-fumeiro” (sujeito a disponibilidade). Almoço em restaurante local. Tempo livre para actividades de carácter particular. Em hora e local a combinar, início da viagem de regresso até ao Porto. Pelas 20h47, saída da Estação de Campanhã, em comboio Alfa Pendular, com destino a Lisboa. Chegada pelas 23h22.

FIM DA VIAGEM

programa_caminhosSantigo