Egito: Grandiosidade, Mistério e Memória

  • Destino: ,
  • Duração: 12 dias
  • De: 06/03/2018
  • a: 17/03/2018
  • Preço: 3,450€

tryart

Com Helena Trindade Lopes

Viajar para o Egito é ir ao encontro de uma das mais antigas e emblemáticas civilizações da História – a civilização que nasceu e se desenvolveu no Vale do Nilo, no tempo dos antigos faraós. Ali encontramos as mais conhecidas e reconhecidas pirâmides da História, grandiosos templos como Luxor, Karnak, Deir el-Bahari e Abu-Simbel, mas também as mais ricas e distintas sepulturas de reis, rainhas e nobres na montanha Tebana. Mas este Egito que o turista comum identifica, perdura na História e reconhece-se em Alexandria, a cidade que Alexandre o Grande construiu de raiz no Norte do território, reconhece-se no Cairo, a mágica metrópole que nunca adormece, e reconhece-se em Assuão, onde Aga Khan decidiu instalar a “sua morada para a eternidade”. Percorrer os caminhos de W. Somerset Maugham, Winston Churchill, Omar Sharif, Naguib Mafhouz, Agatha Christie, e partilhar a música de Giuseppe Verdi numa noite encantada, é um privilégio inolvidável.

Preço por Pessoa em Quarto Duplo

3.450 €

Suplemento Quarto Individual

830

 

Programa inclui:

  • Acompanhamento de Helena Trindade Lopes durante toda a viagem;
  • Acompanhamento por um responsável da Tryvel durante toda a viagem;
  • 10 noites de alojamento em hotéis de 5* e em suites num barco 5*;
  • Taxas de aeroporto, segurança e combustível no montante de €265,60 (à data de 20.09.2017 – a reconfirmar e atualizar na altura da emissão da documentação);
  • Pensão Completa sem bebidas incluídas;
  • Todos os transportes como indicado no programa;
  • Todas as visitas mencionadas no itinerário;
  • Todas as entradas mencionadas no programa;
  • Todos os impostos aplicáveis;
  • Seguro Multiviagens;
  • Gratificações;
  • Visto;

 

Programa não inclui:

  • Tudo o que não esteja como incluído de forma expressa;
  • Despesas de caráter particular designadas como extras.
1º Dia – Lisboa / Istambul
Encontro dos participantes duas horas antes da partida no Terminal 1 do Aeroporto de Lisboa junto ao balcão do Banco Santander. 16h00 – Descolagem do voo da Turkish Airlines para Istambul, a Porta do Oriente.

2º Dia – Istambul / Alexandria
Partida do voo da Turkish Airlines para Alexandria, cidade evocada por Eça de Queiroz no seu romance “A Relíquia”. Chegada a Alexandria no início da madrugada. Check in no Hotel Four Seasons Alexandria at San Stefano. Manhã livre. Saída do hotel para a descoberta da cidade que fica nas margens do Mediterrâneo, começando pelo almoço num restaurante em Alexandria. A seguir à refeição uma das visitas mais surpreendentes, a Bibliotheca Alexandrina, um projeto conduzido conjuntamente pela UNESCO e pelo Egito e inaugurado em 2002, que inclui uma Biblioteca e um centro cultural – com 3 Museus, 5 Centros de Investigação e várias salas de Exposição. A Bibliotheca Alexandrina dispõe da maior sala de leitura do mundo, oferecendo 2000 lugares sentados. Continuação da visita à cidade em direção aos Jardins de Montazah, na extremidade da “Corniche” de Alexandria. Os jardins, com cerca de 3000 metros de largura e abertos ao público, rodeiam o Palácio de Montazah, construído em 1892, num estilo turco-florentino, como residência de Verão do Quediva Abbas Hilmy. O palácio foi utilizado como hospital da Cruz Vermelha durante a Primeira Guerra Mundial. Jantar buffet no hotel. Alojamento em quartos com Vista Mar.

3º Dia – Alexandria / Cairo
Passagem breve pelo Steigenberger Cecil Hotel, um dos hotéis de referência em Alexandria, construído em 1929. Aqui pernoitaram W. Somerset Maugham, Winston Churchill e Al Capone. Este hotel é referido no “Quarteto de Alexandria” de Lawrence Durrell e na novela “Miramar” do prémio Nobel da Literatura, Naguib Mahfuz. Continuação da visita em direção ao Anfiteatro Romano, construído no século II d.C., que apresenta 13 filas de degraus semicirculares, em mármore branco, com assentos para mais de 800 espectadores. A manhã em Alexandria termina com a visita à Citadela de Qaitbay, uma fortaleza que se encontra à entrada do porto leste da cidade – no lado norte da ponta da ilha do Farol – que foi construída no século XV por ordens do sultão Al-Ashraf Abu Alnasr Saif El Din Qaitbay. Almoço de despedida de Alexandria num restaurante local. Partida de autocarro para o Cairo. Chegada à capital do Egito ao fim da tarde. Check in no Hotel Marriot. No local deste hotel estava situado o Palácio Real Al Gezira. Construído em 1869 por Khedive Ismail (Governante do Egito), serviu para receber os convidados para as celebrações de inauguração do Canal de Suez, Jantar buffet no hotel. Alojamento.

4º Dia – Cairo
Durante a manhã visita a uma das Sete Maravilhas do Mundo, as Pirâmides de Gizé “Quéops, Quéfren e Miquerinos” (Khufu, Khafré, Menkauré) – nomes dos reis que as mandaram construir – que se erguem no planalto de Gizé, nos arredores do Cairo. Estas pirâmides, as mais grandiosas de todo o Egito, foram construídas na IV dinastia, do Império Antigo, no século XXVI a.C. e destinavam-se a ser “moradas para a eternidade” destes faraós. O nosso tour matinal continua em direção à majestosa Esfinge, que faz parte do complexo funerário do faraó Quéfren/Khafré. Esta gigantesca construção, com cerca de 20 m de altura e 73 m de comprimento, apresenta a forma de um leão acocorado com cabeça humana. A visita termina com a visita ao Museu da Barca de Quéops/Khufu que exibe a barca funerária – restaurada – deste faraó. Almoço defronte das pirâmides no famoso Hotel Mena House Oberoi, mandado construir em 1869 pelo Quediva Isma’il Pasha. Por aqui passaram Sir Arthur Conan Doyle, o futuro Rei Jorge V e a Rainha Mary, Winston Churchill, Agatha Christie, Cecil B. DeMille, Charlton Heston, Frank Sinatra e Charlie Chaplin. Visita à Citadela de Saladino, uma fortificação islâmica medieval, fundada entre 1176 e 1183 pelo famoso líder muçulmano, Saladino. Oferece uma magnífica vista sobre a cidade. OPCIONAL: Opera Comemorativa dos 150 anos da AÏda, de Verdi. Ao ar livre junto à Pirâmide de Gizé. Regresso ao hotel após a Opera. Jantar buffet. Alojamento.
5º Dia – Cairo / Mênfis / Cairo / Luxor
Indo para sul, chegada a Mênfis, a primeira capital do Egito Antigo. Visita ao Templo de Ptah e ao Museu, onde se encontra a gigantesca estátua de Ramsés II e a esfinge em alabastro. Relativamente perto de Mênfis encontra-se a sua Necrópole Real, em Sakara, um dos sítios arqueológicos mais deslumbrantes do Egito do Norte, antigamente designado como Baixo Egito. Esta necrópole é dominada pelo Complexo Funerário do rei Djoser, onde se ergue a sua Pirâmide, a primeira pirâmide – chamada Pirâmide em Degraus – do Egito Faraónico. Regresso ao Cairo para almoço no Restaurante Felfela (bairro de Hoda Shaarawy). Partida do voo interno para Luxor. Nesta cidade o grupo embarca num Cruzeiro no Rio Nilo durante quatro noites. Jantar a bordo. Alojamento em suites luxo.
6º Dia – Luxor
Visita à necrópole de Tebas na margem esquerda do rio Nilo: Vale dos Reis, onde se encontram mais de 60 túmulos de reis do Império Novo, da XVIII à XX dinastia ( visita ao Túmulo de Seti I, KV 17) e Vale das Rainhas, a sul do Vale dos Reis, onde se encontram os túmulos de várias rainhas, príncipes e princesas do Império Novo, sobretudo das XIX e XX dinastias (visita ao Túmulo de Nefertari, QV 66). Continuação da viagem em direção ao Templo de Medinet Habu, o templo funerário de Ramsés III, o “último” dos grandes faraós do Império Novo, cujas paredes apresentam os relevos comemorativos da vitória do faraó sobre os “Povos do Mar” e sobre os Líbios e, para terminar, paragem junto aos Colossos de Mémnon, designação conferida a duas estátuas grandiosas mandadas erigir pelo faraó Amenófis III da XVIII Dinastia, o pai de Amenófis IV/Akhenaton, o “faraó herético”. Almoço no Sofitel Winter Palace Hotel, a jóia da coroa em Luxor. De tarde, visita a Deir el-Medina, a antiga povoação de artesãos que construíram os templos e os túmulos dos faraós e de outros altos funcionários, no Vale dos Reis, durante a época do Império Novo. E para terminar, a cereja no topo do bolo, visita ao Templo de Hatchepsut – a rainha que se afirmou como “faraó”, no Império Novo – em Deir el-Bahari. Este templo funerário – em terraço – é, a par das Pirâmides de Gizé e do Templo de Abu-Simbel, uma das preciosidades desta civilização milenar. Regresso a bordo. Jantar e alojamento.
7º Dia – Luxor / Esna /Edfu
Visita ao grandioso Templo de Karnak, o maior templo do Egito e o principal santuário dedicado ao deus Amon, o deus patrono de Tebas e a mais importante divindade do panteão no Império Novo. Este templo – na verdade um conjunto de templos mandados construir por uma sucessão de faraós – foi iniciado no Império Médio e terminado na Época Baixa. Em seguida, visita ao templo de Luxor, a residência do sul do deus Amon. Este templo foi iniciado na época de Amenófis III – Império Novo – tendo sido significativamente aumentado por Ramsés II e só foi concluído no período ptolemaico. Viagem a bordo em direção a Edfu apreciando a “montanha vermelha” a partir do barco. Almoço e jantar a bordo. Alojamento.
8º Dia – Edfu / Kom Ombo / Assuão
Visita ao templo ptolemaico de Edfu, o mais bem conservado templo do Egito, dedicado ao deus falcão, Hórus, filho de Osíris e de Ísis. Navegação até Kom Ombo. Visita ao templo de Kom Ombo, templo dedicado a duas divindades: o deus Sobek, com cabeça de crocodilo, e o deus Haroéris, com cabeça de falcão. Navegação até Assuão. Almoço, jantar e noite a bordo.
9º Dia – Assuão
Pela manhã, passeio em falucas (típicos veleiros egípcios) para admirar uma panorâmica do Mausoléu de Agha Khan, o líder espiritual dos Ismaelitas, cuja construção data dos finais dos anos 50 e da Ilha de Elefantina, a cidade do deus “oleiro” Khnum, da sua mulher Satis e da sua filha, Anukis, as deusas das “águas frias”. Almoço em Assuão. Visita à Grande Barragem de Assuão, a maior barragem de África e uma das maiores do mundo, construída entre 1960 e 1970, e que deu origem a um lago artificial, o Lago Nasser. Continuação da visita em direção ao maravilhoso Templo de Ísis de Filae, construído durante a 30ª Dinastia, mas desmontado e reconstruído na ilha vizinha de Agilkia, entre 1972 e 1980. Visita ao Museu núbio de Assuão. Check in, jantar e alojamento no Hotel The Sofitel Legend Old Cataract Hotel, o hotel onde se filmou uma parte importante do romance de Agatha Christie, “Morte no Nilo”. Aqui pernoitaram também o Czar Nicolau II, Winston Churchil, Howard Carter, a princesa Diana e a própria Agatha Christie.
10º Dia – Assuão /Abu Simbel / Assuão
Viagem de avião até Abu Simbel. Visita aos templos de Abu Simbel, classificados como Património Mundial pela UNESCO: o grandioso Templo de Ramsés II, um templo escavado na rocha, que demorou 20 anos a construir e o Templo de Nefertari, esposa de Ramsés II, de dimensões bastante inferiores, localizado 150m a norte do primeiro Templo. Regresso a Assuão de avião. Almoço num restaurante local. Jantar e alojamento no hotel.
11º Dia – Assuão / Cairo
De manhã, viagem de avião de Assuão para o Cairo. Check in e almoço no Terraço do Hotel The Ritz Carlton Cairo, um dos hotéis mais bem situados do Cairo, virado para o rio Nilo e a “dois passos” do Museu Egípcio do Cairo, que visitaremos de tarde. Este Museu que, brevemente será transladado para o Grande Museu Egípcio, que está a ser construído junto às pirâmides, apresenta a maior coleção de antiguidades egípcias, entre as quais, o famoso Tesouro de Tutankhamon. Jantar de despedida no hotel. Alojamento em quartos com vista sobre o Rio Nilo.
12º Dia – Cairo / Istambul / Lisboa
Transfer para o Aeroporto do Cairo ao início da madrugada. Voo da Turkish Airlines para Lisboa com escala em Istambul. 10h25 – Chegada prevista a Lisboa.

programa_egito