As cidades do Império Austro-Húngaro

tryart

Com Miguel Barradas

Miguel Barradas, um dos mais conceituados Guias portugueses, convida-o para uma viagem ao mais profundo da memória da velha Europa do séc. XIX e início do séc. XX, e ao coração de um dos maiores e mais grandiosos e faustosos impérios de sempre – o Império Austro-Húngaro. Quem nunca viu o filme Sissi e não se fascinou com as magníficas paisagens desta região, denominada europa-central e com os incríveis cenários e ambientes da corte húngara e suas festas plenas de luxo e glamour?! À época, Francisco José, o mais marcante Imperador deste império, influenciou e valorizou significativamente, não só Viena e Budapeste, os eixos principais do seu poder, mas também Bratislava, Zagreb, Ljubljana e Trieste, claramente as mais importantes cidades desta região.

Um império, cuja dinastia, os Habsburg, desde 1440 governava o Sacro Imperio Romano Germânico, sucessor do Império Romano, e que teve o seu apogeu no século XIX, como o maior Estado da Europa, dominando, a República Checa, Eslovénia, Hungria, Roménia, Croácia, Sérvia, Montenegro, Macedónia, Bósnia, e obviamente, a Áustria. A primeira guerra mundial, porém, foi-lhe nefasta, com a renúncia ao trono, em 1918, após a primeira grande guerra, do seu Imperador Carlos. Não obstante, o seu fim, foi uma desgraça para a Europa, desestabilizando o cuidadoso arranjo construído pelo Chanceler da era napoleónica, Príncipe de Metternich. Dos diversos fragmentos do Imperio nasceram a Jugoslávia, a Itália reunificada, a Lombardia, o Véneto, o Trentino e a Toscana, que foram províncias da Áustria até 1870, a Checoslováquia, parte da Polonia, da Ucrânia e da Roménia… uma Europa dos Balcãs implodida para beneficio de ninguém, preparando o caminho para a Segunda Grande Guerra, iniciada exatamente por um austríaco, quando o Imperio Austro Húngaro já tinha sido o impulsionador da Primeira Grande Guerra.

Diz-nos ainda Miguel Barradas – “A magnífica Viena e Budapeste, seus palácios e arquitetura, são hoje o principal testemunho deste magnífico Império europeu de outrora, que no início do séc. XX, seria inimaginável, ir deixar de existir. Existe porém muito mais do que o património material em si, já que são infindáveis os registos e os pontos de relação entre as cortes austro-húngara e a português, da época, obviamente com fortes influencias culturais, sociais e arquitetónicas… não fosse a mulher do nosso monarca mais próspero, D. João V, austríaca, de noma Maria Ana da Áustria, e que influenciou e muito a arquitetura alfacinha, nomeadamente na sua Baixa Pombalina. Deixo o resto para a viagem, acrescenta Miguel, com um sorriso de quem deixa antever, muitas curiosidades para revelar.”

Contamos consigo…

Preço por Pessoa em Quarto Duplo

1.795 €

Suplemento Quarto Individual

330 €

Programa inclui:

  • Acompanhamento especializado de Miguel Barradas durante toda a viagem;
  • Passagem aérea em classe económica para os percursos Lisboa / Veneza- Viena / Lisboa – em voo regular TAP Air Portugal com direito a 1 peça de bagagem de porão de 23kg;
  • Circuito em autocarro de turismo;
  • Guias locais de expressão portuguesa ou espanhola (dependendo da disponibilidade);
  • Todas as visitas e entradas mencionadas no programa;
  • 8 noites de alojamento em hotel de 3*** e 4**** conforme indicado no programa;
  • Pensão completa, desde o jantar do 1º dia ao pequeno-almoço do último dia, de destacar:
  • Almoço no Castelo de Bled na Eslovénia
  • Almoço no restaurante típico SOKOL
  • Almoço a bordo de Cruzeiro no Danúbio em Budapeste
  • Jantar medieval no Restaurante Lancelot em Budapeste
  • Almoço típico húngaro em Viségrad
  • Jantar com concerto de musica clássica em Viena
  • Entradas nos monumentos a visitar e mencionados no itinerário;
  • Taxas de aeroporto, segurança e combustível no montante de 144,30€ (à data de 12.05.2017 – a reconfirmar e atualizar na altura da emissão da documentação);
  • Todos os impostos aplicáveis;
  • Seguro de viagem Multiviagens VIP – MIP € 60.000;
  • Bolsa e livro de viagem contendo material informativo sobre os locais a visitar.
  • Programa não inclui:

    • Bebidas às refeições;
    • Gratificações a guias;
    • Tudo o que não esteja como incluído de forma expressa;
    • Despesas de carácter particular designados como extras.

     

    Nota: A presente cotação está sujeita a reconfirmação mediante as disponibilidades de voo e hotéis à data da vossa reserva. Os valores acima apresentados poderão sofrer eventuais alterações em caso de significativas oscilações cambiais e/ou de custos de combustível e/ou eventuais novas taxas, tendo em conta a atual conjuntura internacional.

1º Dia – Lisboa / Veneza / Trieste
Comparência no aeroporto cerca de 120 minutos antes do horário do voo. Assistência nas formalidades de embarque assistidas pelo representante Tryvel que acompanha o grupo. Partida em voo regular da Tap com destino a Veneza. Chegada e assistência pelo guia local e transporte para restaurante para almoço. Após o almoço, saída em direção a Trieste. Chegada e início de visita da cidade de Trieste que foi uma importante cidade do Império Austro-Húngaro, do qual era o principal porto, visita dos seus principais monumentos tais como a Sinagoga (entrada), a Catedral de S. Justo (entrada) e a Igreja Ortodoxa da Santíssima Trindade (entrada). Check in no Hotel Best Western San Giusto 3*** ou similar. Jantar e alojamento.
2º Dia – Triste / Lipica / Bled / Ljubjana
Pequeno-almoço no hotel. Saída para Lipica para visita do centro equestre mais famoso do Império Austro-Hungaro, os cavalos Lipizaners, cavalos de alta escola utilizados na Escola de Equitação Espanhola de Viena de Áustria e que têm como particularidade o facto de os potros nascerem cinzentos escuro e após seis/sete anos ficarem totalmente brancos. Partida para a Eslovénia em direção ao lago de Bled. Chegada e almoço no castelo. Após o almoço visita ao castelo medieval no topo de um rochedo, cujo reflexo incide nas suas águas cristalinas e para além da magnifica paisagem poderá ainda admirar o museu do castelo, espelho da rica história da região. Agora no lago efetuaremos um passeio de barco admirando as suas idílicas paisagens. Saída para Ljubljana. Check in no Hotel Lev 4****. Jantar e alojamento.
3º Dia – Ljubjana / Zagreb
Após o pequeno almoço visita desta cidade medieval nas margens do rio Ljubljanica, com os seus numerosos monumentos culturais e históricos, e o seu antigo castelo que domina toda a cidade. Passagem pelo edifício da segunda filarmónica mais antiga do mundo, onde Gustav Mahler iniciou a sua carreira. Durante esta visita passaremos ainda pelos principais pontos da cidade como o edifício da Universidade; a Tromostovje (ponte tripla), obra prima do principal arquitecto esloveno Jozef Plecnik; o Mosteiro Franciscano com a igreja da Anunciação (entrada), a igreja barroca de Santa Maria, a antiga câmara municipal; a catedral de S.Nicolau (entrada); a “Ponte do Dragão”; e a “Ponte dos Sapateiros”, etc…., tempo livre pela manhã e almoço no restaurante SOKOL. Pela tarde saída para Zagreb. Chegada à cidade que é, centro cultural, cientifico, económico e politico da Croácia. Check in no Hotel Doubletree Hilton Zagreb 4**** ou similar. Jantar e alojamento.
4º Dia – Zagreb / Lago Balaton / Budapeste
Pequeno-almoço no hotel. Visita dos locais mais emblemáticos da cidade, como a Torre Lotrscak, a Porta da Pedra (Kamenita Vrata), a Igreja de S. Marcos, passagem pela Praça Ban Jelacic, situada na parte baixa da cidade e visita da Catedral, seguimos agora para a parte alta onde apreciaremos a igreja de S. Marcos e o Parlamento – Palácio do Governo. Saída em direção á Hungria e almoço em caminho. Chegada ao Lago Balaton, o “Mar Húngaro”, com uma área de quase 600 km², é um dos maiores lagos da Europa. Iniciamos o tour do Lago e continuamos ao longo da margem até chegarmos à cidade de Tihany situada dentro do Parque Nacional da Península de Tihany. Paragem para visita. Seguimos depois para norte até Balatonfüred na margem norte, a mais antiga estação balnear do lago. No século XIX muitas personagens célebres, entre eles escritores, actores, actrizes e cantores húngaros mandaram construir casas de veraneio e palacetes aqui, como por exemplo a actriz Lujza Blaha e o escritor Mór Jókai. Além dessas mansões antigas o centro da cidade tem também um grande sanatório de cardiologia. Caminharemos pelo passeio Tagore na margem do lago e experimentaremos a água mineral fresca da fonte Kossuth. Continuação da viagem em direção a Budapeste. Check in no Hotel Mercure Budapest Korona 4**** ou similar. Jantar e alojamento.
5º Dia – Budapeste
Pequeno almoço no hotel. Visita da cidade de Budapeste, que é a capital e maior cidade da Hungria. A cidade tem um ambiente peculiar graças às românticas cadeias montanhosas de Buda, a planície de Peste e o Rio Danúbio de águas cintilantes que divide as duas antigas cidades – Buda e Peste. O lado Peste concentra a área comercial da cidade com cafés e prédios governamentais, como o Parlamento. O lado Buda é conhecido por abrigar o principal ponto turístico da cidade “O Castelo Real ou Castelo de Budapeste” e por ser uma região residencial e histórica. Visitaremos ainda o interior da Igreja Matias onde se realizou o casamento da Imperatriz Sissi com o Imperador Francisco José. Almoço a bordo de um magnífico cruzeiro no rio Danúbio. Tarde livre. Em hora a combinar, saída para um Jantar Medieval no Restaurante Lancelot, numa autêntica recriação de época, onde os convidados comem à mão, a sopa é servida em pão fresco e os empregados, vestidos à época, servem as enormes bandejas em pratos e mesas de madeira. Durante todo o jantar há música e danças típicas, gerando um constante ambiente de festa. Alojamento
6º Dia – Budapeste / Rio Danúbio / Bratislava
Pequeno almoço no hotel. De Budapeste seguimos ao longo do curso do rio Danúbio para a cidade de artistas, Szentendre. Depois de um passeio a pé pela cidade antiga teremos algum tempo livre. Seguidamente continuamos para Visegrád a antiga residência real (não inclui entrada), e subimos ao Castelo de Visegrád, de onde se pode admirar a vista panorâmica deslumbrante da Curva do Danúbio. Almoço num restaurante típico húngaro. Ao início da tarde viajamos para a antiga capital, a cidade de Esztergom (centro da Igreja Católica e panteão dos grandes cardeais húngaros, como o Cardeal Mindszenty), e local onde está a maior basílica da Hungria. Da Colina do Castelo há uma panorâmica esplendida para o Danúbio e o sul da Eslováquia. A partir daqui o rio Danúbio faz de fronteira entre a Hungria e a Eslováquia. O maravilhoso percurso em direção à nascente vai nos levar até Bratislava. Jantar e alojamento no Hotel Mercure Bratislava Centrum 4**** ou similar.
7º Dia – Bratislava / Viena
Após o pequeno almoço visita da cidade de Bratislava, a capital e principal cidade da Eslováquia, situada no sudoeste do país, junto da fronteira com a Áustria e da fronteira com a Hungria, tornando-se assim, na única capital europeia situada na fronteira do seu país com outros dois. A cidade é também cortada pelo rio Danúbio em seu curso. Com 427 mil habitantes, é a maior cidade do país, situa-se no início dos Cárpatos, uma das notórias cordilheiras europeias. Sede da presidência, do parlamento e do governo eslovacos, Bratislava conta ainda com universidades, museus, teatros e toda infraestrutura comum às grandes cidades no que tange a vida política, cultural e social do ocidente, os seus principais monumentos como os palácios da antiga nobreza húngara, a residencial de Franz Liszt e Mozart, o famoso Rei Matias (da época do renascimento húngaro) e que fundou aqui a faculdade Histropolitana no séc XV, uma das mais importantes da Europa Central. Almoço. Partida para Viena. Check in no hotel e resto da tarde livre. Jantar e alojamento no Hotel Ananas**** ou similar.
8º Dia – Viena
Após o pequeno almoço visita da cidade com destaque para: a Catedral de St. Estevão, o Palácio Imperial do Hofbourg, a Câmara Municipal, a Igreja Votiva, a Igreja de S. Carlos Borromeo, a Ópera, o Stadpark, o Parlamento e o Palácio do Belvedere. Almoço. Tarde livre para visitar opcionalmente o Palácio de Schonbrünn ou simplesmente passear no centro da cidade. Ao final do dia, saída para uma noite vienense, jantando e assistindo a um concerto de música clássica num dos mais prestigiados palácios de Viena, com músicos profissionais, solistas, cantores de ópera e bailarinos com vestes da época que apresentam numa atmosfera imperial algumas das mais conhecidas obras de W.A.Mozart e Johann Strauss. Alojamento no hotel.
9º Dia – Viena / Lisboa
Pequeno-almoço no hotel. Manhã livre. Ao início da tarde saída para o aeroporto e formalidades de embarque e partida com destino a Lisboa.