Irmãos Inimigos | Guerras Liberais

tryart

Com Sérgio Veludo Coelho

O liberalismo português, que surge entre convulsões politicas e sociais, consubstancia-se no pensamento e mentalidade do Romantismo que no período pós-Napoleónico havia tomado a Europa, colocando de um lado um sentido épico da Lei e do Direito como governo das nações e do outro regimes autocráticos que haviam sobrevivido aos efeitos da Revolução Francesa e das Guerras Napoleónicas.

Este Cerco do Porto, que decorreu entre 1832 e 1833, permitiu a D. Pedro e ao seu pequeno exército, fortificando-se dentro desta cidade, resistir um ano, enfrentando o exército miguelista, dez vezes superior.

A resistência tenaz deste bastião, esmorecendo o adversário, permitiu, em condições mais favoráveis, o avanço sobre a capital, fechando esta primeira fase da implantação do liberalismo em Portugal com a Convenção de Évora-Monte, em 1834.

Os relatos e crónicas, nacionais e estrangeiras sobre as Guerras Liberais, entre 1832 e 1834 constituem uma parte importante na historiografia nacional, defendendo diferentes pontos de vista, em campos opostos.

Preço por Pessoa em Quarto Duplo | Participantes Lisboa

540 €

Suplemento Quarto Individual

90€

Preço por Pessoa em Quarto Duplo | Participantes Porto

490 €

Suplemento Quarto Individual

35€

 

Programa inclui:

  • Acompanhamento por parte do conferencista Sérgio Veludo Coelho;
  • 2 noites de alojamento em hotéis 4**** com pequeno almoço incluido (participantes Lisboa);
  • 1 noite de alojamento em hotel 4**** com pequeno almoço incluido (participantes Porto);
  • Refeições de acordo com o programa (3 almoços e 1 jantar) com bebidas incluídas (água, vinho, café e chá);
  • Todos os transportes como indicado no programa;
  • Todas as visitas e entradas mencionadas no itinerário;
  • Bilhete Comboio Lisboa/Porto no Alfa (2ª classe) (participantes Porto);
  • Todos os impostos aplicáveis;
  • Radioguias;
  • Acompanhamento permanente por responsável da TRYART;
  • Seguro Multiviagens.

 

Programa não inclui:

  • Gratificações;
  • Tudo o que não esteja como incluído de forma expressa;
  • Despesas de caráter particular designadas como extras.
1º Dia – Lisboa / Porto
07h30 – Encontro dos participantes em Sete Rios, defronte da porta principal do Jardim Zoológico. Chegada ao Porto (encontro com os participantes do Porto e conferencista). Início do percurso no Obelisco da Memória, na praia de Lavra, onde terão desembarcado os 7500 homens do exército liberal, seguindo pela Maia em direção à Praça do Exército Libertador que foi o primeiro local da Cidade do Porto que viu entrar as tropas de D. Pedro de Bragança. Visita ao Museu Militar do Porto, situado na Rua do Heroísmo e onde se deu a primeira grande batalha da Guerra Civil e do Cerco do Porto, a 29 de Setembro de 1832 e a grande Bateria do Seminário, cujas peças de artilharia varriam os ataques miguelistas aos Liberais cercados no Mosteiro da Serra do Pilar, locais de memória do Cerco de 1832-1833. Almoço em restaurante local. De tarde visita ao Mosteiro da Serra do Pilar, com passagem na Avenida dos Aliados onde está a estátua equestre de D. Pedro de Bragança, da autoria de Auguste Calmels, depois seguindo para o Forte S. João da Foz do Douro e Parque Quinta do Covelo, símbolos das linhas defensivas Liberais durante o Cerco. Check-in no Hotel da Música 4****. Jantar livre e alojamento.
2º Dia – Porto / Asseiceira / Almoster / Caldas Rainha
Partida rumo a Asseiceira, importante batalha entre Liberais e Absolutistas com visita do local da batalha, onde se defrontaram milhares de homens, portugueses e estrangeiros, sobressaindo do lado Liberal o Marechal Saldanha e do lado Absolutista o General Póvoas, que já se tinham confrontado nas linhas do Porto. Continuação para Almoster, outro ponto da memória da Guerra Civil de 1832-1834 e visita do local do combate, ponto de viragem da Guerra Civil e que começará a ditar o destino final das Guerras Liberais. Almoço em restaurante local. Check-in no Hotel Sana Silver Cost 4****. Jantar e alojamento.
3º Dia – Caldas Rainha / Lisboa
Saída com destino a Lisboa. Passagem na Av. 24 de julho, junto à estátua de Sá da Bandeira, uma das figuras chave do regime Liberal, desde a Guerra à Regeneração, juntamente com Saldanha. Visita ao Museu Militar de Lisboa. Almoço em restaurante local. Os participantes de Lisboa finalizam a viagem em Sete Rios. Os participantes do Porto partem no comboio Alfa Pendular (2ª classe) com destino ao Porto (Campanhã).

FIM DA VIAGEM

programa_irmaos_inimigos