“Uma Viagem ao Minho” Arte e Sabores

  • Destino: ,
  • Duração: 4 dias
  • De: 27/10/2018
  • a: 31/10/2018
  • Preço: 480€

tryart

Com Eduardo Pires de Oliveira

O Minho foi a terra do Barroco e do Rococó. O dinheiro trazido pela revolução agrária motivada pela implantação de uma nova planta de milho, com uma espiga maior e mais produtiva, foi transformado em solares, em novas igrejas e em novos retábulos magnificamente executados pelos melhores entalhadores do país.

Nesta visita pelo Minho, o mais antigo dos territórios portugueses, vamos percorrer uma série de locais quase desconhecidos, capelas, escadarias, paisagens, esculturas e arquitectura rural. Iremos entrar pelos domínios de um vinho único no mundo, o Vinho Verde. Iremos ver, apenas e só algumas das mais vibrantes, estranhas e interessantes obras da arte portuguesa. E iremos também ver o que é muito conhecido, mas visto de uma forma muito diferente. E depois de vermos isto tudo, tudo ficará por ver, tal é a riqueza e a diversidade do Minho!

Ao longo do nosso passeio teremos Paisagens. Não caracterizarei as Paisagens. Deixarei para si, viandante, a escolha das palavras certas.

Preço por Pessoa em Quarto Duplo | Partida Porto

480€

Preço por Pessoa em Quarto Duplo | Partida Lisboa

515€

Suplemento Quarto Individual

100€

Programa inclui:

  • R Acompanhamento especializado do historiador Eduardo Pires de Oliveira, desde e até Braga;
  • Acompanhamento de guia acompanhante Tryvel durante todo o circuito;
  • Comboio Alfa-Pendular, em classe económica Lisboa / Braga / Lisboa;
  • Alojamento e pequeno-almoço nos hotéis mencionados, ou similares;
  • Pensão completa, desde o almoço do 1º dia ao almoço do último (4 almoços e 3 jantar, com bebidas incluídas);
  • Todas as entradas e visitas nos monumentos e museus conforme programa;
  • Circuito em autocarro de turismo;
  • Gratificações a guias e motoristas;
  • Seguro Multiviagens Base.
  • Programa não inclui:

    • Tudo o que não esteja como incluído de forma expressa;
    • Despesas de carácter particular.

     

1º Dia – Braga - Póvoa de Lanhoso – Soutelo – Amares – Vila Verde – Lindoso - Arcos de Valdevez
Comparência na Estação de Santa Apolónia, ou Gare do Oriente. Pelas 07h00, saída em comboio Alfa Pendular, com destino a Braga. Chegada pelas 10h25 e continuação, em autocarro, para a Póvoa de Lanhoso. Visita à escadaria da Capela do Horto. Continuamos para Soutelo, Vieira do Minho, até ao Santuário da Nª Sª da Lapa, cuja capela foi construída em 1694 sob um impressionante penedo. Seguimos por Amares até à Ponte do Porto, medieval, em cujas imediações almoçaremos.
Continuamos para visitar a Aliança Artesanal (Vila Verde), a cooperativa e espaço de promoção do património dos ‘Lenços de Namorados”. Seguiremos em direção ao Lindoso, para visita do castelo e do mais extraordinário conjunto de espigueiros de Portugal e Galiza. Check-in no Hotel Arcos Nature & Spa 4*, ou similar. Jantar e alojamento.
2º Dia – Arcos de Valdevez – Ponte da Barca - Ponte de Lima – Correlhã – Braga
Ligeiro passeio matinal, pedonal, pela vila de Arcos de Valdevez, que tem na sua acrópole um dos melhores olhares sobre um rio existente no Minho. Destaques para as igrejas da Lapa e da Matriz. E, permita-se-me, também para uma tasca minhota. Continuação até Ponte de Lima, para visitar o CIPVV, Centro de Interpretação do Vinho Verde. Almoço com gastronomia típica local. De tarde, ligeiro passeio pedonal pela vila, a mais antiga de Portugal. Visita ao Museu do Brinquedo Português, uma exposição para todas as idades, lugar de enormes emoções, com milhares de peças que retratam a história do brinquedo fabricado em Portugal durante cem anos. Avançamos até à Correlhã a visitar a capela de Nª Sª da Boa Morte, com o seu estranhíssimo apostolado, de características únicas na Península ibérica. Continuação para Braga. Jantar e alojamento no Hotel Vila Garden 4*, ou similar.
3º Dia – Braga – Mosteiro de Tibães – Braga
Após o pequeno-almoço, dedicamos o dia a Braga. De manhã passeamos pela cidade,marcada pelos seus arcebispos, onde veremos alguns edifícios concebidos pelo extraordinário arquitecto André Soares. Visita à Capela dos Monges, obra-prima absoluta do tardobarroco europeu; à Igreja dos Congregados; ao Antigo Paço Episcopal; à Câmara Municipal; à Capela de Nossa Senhora da Torre, onde, durante anos, quem quisesse entrar na cidade, teria de passar pelo seu interior; e à fachada do Palácio do Raio, uma das obra-primas do rococó civil português. Almoço num restaurante local. De tarde, saída para visita ao Mosteiro de Tibães, a casa-mãe da Congregação Beneditina de Portugal e Brasil. Jantar em restaurante local, com sessão sobre o Minho, a vida e a obra de André Soares. Alojamento.
4º Dia – Braga – Guimarães – Braga – Lisboa
Saída para Guimarães. Visita ao Convento de Santa Rosa de Lima, com um portal singular, em que não sabemos se estamos perante uma obra de arquitectura ou escultura; e à igreja dos Santos Passos, a última obra desenhada por André Soares. Também percorreremos ruas dominadas por infindas varandas de madeira setecentistas; e andaremos pelo Centro Histórico de Guimarães, classificado pela UNESCO como Património da Humanidade. Almoço num restaurante local, de onde partiremos para uma visita à capela de Santa Maria Madalena da Falperra, e para o Bom Jesus do Monte, o mais complexo Sacromonte da humanidade. Regresso a Braga, e pelas 20h07, saída em comboio Alfa Pendular, com destino a Lisboa. Chegada pelas 23h22.
minho_2018