Norte de Portugal

  • Destino:
  • Duração: 6 dias
  • De: 01/01/2018
  • a: 31/03/2019

globaldmc

Partidas aos Sábados

Durante seis dias, ficará a conhecer as tradições, a gastronomia e as paisagens que estas deslumbrantes cidades por onde passará têm para lhe oferecer.

Programa inclui:

  • Estadia em regime de pequeno-almoço nos hotéis indicados ou similares:
    • Hotel Santa Maria, 4*, em Fátima.
    • Hotel Ipanema Porto, 4*, no Porto.
    • Hotel da Urgeiriça, 4*, em Canas de Senhorim.
  • Transporte em autocarro com ar condicionado ou minivan, de acordo com o itinerário apresentado;
  • Guia intérprete durante toda a viagem;
  • Entradas nos seguintes monumentos: Mosteiro da Batalha, Universidade Coimbra, Palácio da Bolsa (Porto), Igreja de São Francisco (Porto), jardins do Palácio de Mateus, Convento do Cristo (Tomar).

 

Programa não inclui:

  • Almoços;
  • Gratificações;
  • Serviço de bagageiros nos hotéis;
  • Tudo o que não esteja como incluído de forma expressa;
  • Despesas de caráter particular designadas como extras.

 

  • Idiomas — Português, inglês, espanhol e francês. Consulte-nos para outras datas (mínimo 4 pessoas).

 

1º Dia – Lisboa | Óbidos | Alcobaça | Nazaré | Batalha | Fátima
Partimos para norte. Por entre uma paisagem rica em moinhos e pomares, chegamos a Óbidos, vila situada dentro de muralhas medievais, onde, por entre a harmonia da arquitetura e a variedade do artesanato local se pode saborear a deliciosa ginjinha. Continuamos para Alcobaça, dominada pela imponência da igreja que introduziu o Gótico em Portugal e na qual repousam em delicados túmulos D. Pedro e D. Inês de Castro, conhecidos pela sua história de amor que viveram. Seguimos, depois, para a Nazaré, vila piscatória também conhecida pela sua magnífica praia, e pelas suas lendas e tradições. Em seguida, deslumbrar-nos-emos pela grandeza e delicadeza do Gótico no Mosteiro da Batalha, no qual repousa, em seu túmulo, o infante D. Henrique, mentor da epopeia marítima portuguesa. Prosseguimos para Fátima, santuário mundial do culto mariano e altar do mundo. Terá, aqui, a oportunidade de assistir à procissão das velas. Fátima — alojamento.
2º Dia – Fátima | Coimbra | Aveiro | Porto
Pequeno-almoço no hotel. Partimos para Coimbra, cidade com uma das mais antigas universidades do mundo. Surpreender-nos-emos pelo esplendor da sua biblioteca barroca e das tradições musicais e universitárias. Ainda em Coimbra, visitaremos a Igreja de Santa Clara, em cujo relicário de prata e cristal repousa a tão amada rainha Santa Isabel, famosa pelo milagre das rosas. Ao passear pelo centro da cidade, poderá admirar a cerâmica coimbrã. Durante a tarde, seguiremos para Aveiro, cidade atravessada por canais, e, por isso mesmo, conhecida como a “Veneza de Portugal”. Aí poderemos ver os típicos barcos moliceiros e provar os deliciosos e tradicionais ovos-moles. Terminaremos o dia no Porto. Porto — alojamento.
3º Dia – Porto | Guimarães | Braga | Porto
Pequeno-almoço no hotel. Durante a manhã, conheceremos a cidade do Porto. Situada na margem direita da foz do rio Douro, é a segunda maior cidade de Portugal. Partiremos à descoberta das ruas, das avenidas, dos monumentos e dos lugares caraterísticos desta cidade, incluindo o romântico Palácio da Bolsa, com a maravilhosa Sala Árabe, a Igreja de S. Francisco, com a sua ofuscante decoração de talha dourada, o tradicional e popular Bairro da Ribeira, onde se pode ver o delicado trabalho de filigrana. Visitaremos, ainda, uma das mais conceituadas e tradicionais caves do Vinho do Porto, onde faremos uma prova. Seguiremos para a região do Minho, onde a história, a religião e as lendas se misturam com magníficos monumentos, vistas deslumbrantes, uma gastronomia deliciosa, vinhos únicos, xailes coloridos e linhos delicados. Por uma paisagem onde o verde deu nome ao vinho da região, encontramos Guimarães, berço da nacionalidade. Na Colina Sagrada, o Castelo Real e o Palácio dos Bragança transmitem-nos a força e o poder de reis e nobres, e as ruas e a arquitetura do centro da cidade trazem-nos à memória tempos medievais. Em seguida, a cidade de Braga, conhecida como a “Roma de Portugal”, leva-nos a sentir a força do sagrado na mais antiga catedral do País e no Santuário do Bom Jesus, com o seu fascinante e cenográfico escadório barroco. Porto — alojamento.
4º Dia – Porto| Santiago de Compostela | Porto
Pequeno-almoço no hotel. Partiremos para Santiago de Compostela, a capital da Galiza e o destino dos peregrinos do Caminho de Santiago. Em 1985, a UNESCO declarou Santiago de Compostela Património Cultural da Humanidade. Durante o dia, terá total liberdade para descobrir esta fascinante cidade. Poderá passear pelas ruas históricas, conhecer os extraordinários monumentos e provar os pratos típicos. Porto — alojamento
5º Dia – Porto | Amarante | Vila Real | Vale do Douro | Lamego | Urgeiriça
Pequeno-almoço no hotel. Partimos em direção a Amarante, pequena cidade situada nas margens do rio Tâmega, orgulhosa de São Gonçalo, santo casamenteiro venerado no seu convento debruçado sobre o rio, das suas casas com alpendres coloridos, das suas confeitarias com deliciosos doces conventuais e do seu mercado onde se sente o pulsar da vida da região. Passamos a Serra do Marão, ao encontro de Vila Real. Aqui visitaremos os harmoniosos e perfumados jardins do Palácio de Mateus, cuja fachada se reproduz nos rótulos do famoso vinho rosé. Seremos, depois, levados pela magia da paisagem e sentiremos a força do trabalho do Homem nas vinhas da Região Demarcada do Douro, onde se produz um dos mais famosos néctares dos Deuses: o Vinho do Porto. Pararemos em Lamego, onde o soberbo Santuário de Nossa Senhora dos Remédios olha a cidade na qual se pode saborear a tradicional bola de Lamego. Em Viseu, região do vinho do Dão onde faremos uma paragem, homenageia-se Viriato o Lusitano — primeiro herói de Portugal. No centro, a Catedral domina uma zona de ruas, onde casas brasonadas se misturam com um comércio muito vivo e diversificado. Urgeiriça — alojamento
6º Dia – Urgeiriça | Bussaco | Tomar | Lisboa
Pequeno-almoço no hotel. Atravessamos o coração de Portugal, em direção ao Bussaco, onde sobressai o romântico Hotel Palace, antigo palácio de Caça Real, bem como a sua vegetação luxuriante e incomum. Continuamos para Tomar. O desenvolvimento de Tomar está intimamente ligado à Ordem dos Templários que, em 1159, recebeu estas terras como recompensa pela ajuda prestada a D. Afonso Henriques (primeiro rei de Portugal) na reconquista cristã do território. Visitaremos o Convento de Cristo, monumento declarado património da humanidade pela UNESCO, em 1983. Continuação para Lisboa e alojamento no hotel. Fim dos nossos serviços.